Como medir áreas

Como medir áreas, caminhos, estradas e instalações via Google Earth

Podemos medir áreas, caminhos, estradas, cercas, terrenos, tubulações e diversas outras instalações agrícolas e urbanas fazendo um bom uso profissional do Google Earth através do computador ou celular. Com esse recurso podemos aproveitar e armazenar no computador os dados dimensionados das medições efetuadas.

Inicialmente faremos o download no computador ou celular do Google Earth no site: https://www.google.com/earth/download/gep/agree.html .

Uma vez feito o download e devidamente instalado o Google Earth no computador ou celular, podemos abrir o programa e acessar o menu superior quando então podemos marcar, desenhar e dimensionar os contornos e os formatos desejados utilizando as ferramentas: Adicionar marcador, Adicionar polígono, Adicionar caminho, Mostrar régua (Linha, Caminho, Polígono, Círculo, Caminho em 3D e Polígono em 3D, tudo na unidade de medida desejada);

Exemplo como medir áreas.

  • Como exemplo será em seguida apresentado, com o uso do computador, três etapas a serem realizadas para a realização de localização e medição de uma área:Procurar localizar com a ajuda do mouse as áreas, parcelas ou as instalações que se deseja dimensionar. Pode-se também localizar um ponto acionando a ferramenta do menu “Adicionar marcador” e utilizar as coordenadas conhecidas. É recomendado preencher as informações do formulário “Novo Marcador”.

Como medir áreas

  • Para medir áreas a principal opção no menu é Adicionar polígono (para área fechada). Para estrada, cerca ou rios a opção é Adicionar caminho. No caso de uma área fechada, primeiro delimita-se o polígono utilizando a ferramenta “Adicionar polígono”. No formulário “Editar Polígono” tem-se opções para se fazer a “Descrição”, “Estilo/Cor”, “Visualizar”, “Altitude” e Medidas” aonde se pode observar o perímetro e a área dimensionada em várias opções de unidade de medida.

Como medir áreas

  • Na ferramenta “Régua” do menu há várias opções de medida: “Linha”, mede a distância entre dois pontos do chão; “Caminho” mede a distância entre vários pontos do chão; “Polígono” mede a distância ou a área de uma forma geométrica do chão; “Círculo” mede a circunferência ou a área de um círculo do chão; “Caminho em 3D” mede a altura e a largura de construções em 3D e a distância entre pontos até o chão nas construções; “Polígono em 3D” mede a altura, a largura e a área de construções em 3D.

Como medir áreas

É importante ressaltar que os arquivos criados devem ser incorporados e salvos sempre antes de sair. Esses arquivos também poderão ser salvos em outros locais no computador ou compartilhados. Deve-se ter o cuidado de quando salvar, agrupar os trabalhos efetuados, para facilitar quando se precisar das informações. Deve-se criar pastas, que aparecerão na coluna à esquerda, e classifica-las pelos assuntos dos projetos, parcelas, instalações, por anos, ou outro assunto ou atividade.

De início os itens salvos aparecem em uma pasta temporária na coluna da esquerda, por isso devemos lembrar de incorporá-la nas pastas superiores, isto é, “Meus lugares” no final de cada sessão.

Há também aplicativos móveis que podem ser utilizados para medir áreas e outros dimensionamentos, a exemplo do Mide Mapas, os quais permitem medir superfícies podendo ser enviados por e-mail, Gopogle Drive  ou Dropbox para o computador. São salvo arquivo com a extensão .kmz, que ao abri-lo, pode-se desenhar a parcela medida ou os pontos indicados no campo através do Google Earth.

Se desejarmos incorporar ou alterar algo em algum dos trabalhos salvos, devemos clicar na respectiva pasta, fazer as alterações e, portanto, todas as informações que inserimos serão incorporadas, devendo ser salvas.

Com essas ações podemos planejar, disciplinar e ordenar todas as atividades relacionadas com as distâncias, áreas, imagens e demais atividades importantes com as ações relacionadas com o dimensionamento e o desenho de áreas rurais e urbanas.

Os procedimentos e dimensionamentos aqui apresentados certamente irão adiantar e facilitar o desenvolvimento do planejamento de diversas atividades agrícolas e urbanas. Porém, os arquivos gerados não estão legalmente habilitados à substituírem as plantas, medições e demais documentos efetuados por um profissional habilitado pelas entidades legais.

Deixe uma resposta