casa do futuro

Casa do Futuro: piramidal, antissísmica, eficiente e autossuficiente em energia

Depois de vários terremotos e desastres naturais que ocorreram em todo o mundo e com a atual tendência do uso das energias renováveis, foi projetada, calculada, registrada e patenteada a casa do futuro.

Esta casa na forma piramidal, é antissísmica, eficiente e auto abastecida com energias renováveis ​​(solar + eólica + energia termo solar), também possui um carregador de bateria para veículos elétricos, que já está chegando ao mercado.

casa do futuro

A casa do futuro é projetada principalmente para funcionar e auto se abastecer de energia em áreas isoladas das redes elétricas domiciliares rurais e urbanas.

A casa do futuro também pode ser conectada à rede de distribuição de energia. Neste caso, a casa possui um medidor de energia elétrica de duas vias, que mede a energia que é retirada da rede e a que é injetada do superávit da autogeração com o equipamento de energia renovável.

A forma piramidal permite usar as 4 faces ou o telhado-parede para colocar painéis solares. O gerador eólico é opcional ou complementar, mas é muito importante em áreas onde há muita neve que cobre os painéis solares e eles deixam de produzir energia, até serem limpos. Nestes casos de muita neve, o vento sempre estará gerando energia.

Esses geradores podem ser o tradicional de três a cinco hélices ou as novas turbinas eólicas do eixo vertical, que são mais eficientes, mais silenciosas e duradouras do que as tradicionais.

Também tem um tanque solar térmico que aquece a água, para uso doméstico (banheiro e cozinha), que também pode ser usado para aquecer a casa. Neste caso, tem-se que complementar ou ajudar com uma caldeira a gás, instalando radiadores ou laje radiante.

casa do futuro

Basicamente, a construção da casa é muito simples, o tempo de construção é de 3 a 4 meses e o custo final é menor do que a construção tradicional.

Modelos de casas.

Existem dois modelos ou tamanhos de casa, ambos com piso térreo e andar superior:

  1. Casa pequena: 115 m2 cobertos, com dois quartos.
  2. Casa ampla: 180 m2 cobertos, com três quartos.

A proposta comercial é:

Licenciar a patente para empresas de construção e / ou metalurgistas com muita experiência, interessados ​​em construir e comercializar esta casa principalmente nos países com mais terremotos, como Chile, Peru, México, EUA e Japão, e também no resto do mundo.

Engenheiro Civil – Darío R. Martin. Mais informações: piramidall.com.

Ver também: Telhas solares da Tesla é mais barato do que um telhado convencional.

Deixe uma resposta