Cultivo de vegetação nos telhados de casas

Sempre um passo à frente em termos de sustentabilidade, a maior cidade da Dinamarca, Copenhague, agora obriga a se ter algum tipo de vegetação nos telhados dos edifícios.

A vegetação nos telhados começaram a ser usada na Alemanha para se manter alguma vegetação ou um meio de cultivo; em seguida, se transformou numa alternativa para os moradores das grandes cidades sem possibilidade de contar com muito espaço.

Copenhague é a segunda cidade do mundo que implementa uma legislação deste tipo: a primeira foi Toronto, Canadá, onde uma lei semelhante, resultou em 1,2 milhões de metros quadrados de área verde em diferentes tipos de construções. Foi obtido assim uma poupança anual de energia de mais de 1,5 milhões de kWh para os proprietários de tais edifícios.

O plano Copenhagen é cultivar vegetação nos telhados da cidade com a finalidade de neutralizar o carbono até 2025.

Os benefícios de telhados verdes são imensos:

  • Absorve até 80% da chuva, ajudando a reduzir os problemas de inundação;
  • Reduz as temperaturas urbanas;
  • Protege o edifício contra os raios UV e mudanças bruscas de temperatura;
  • São usados como o cultivo para consumo doméstico, reduzindo os custos para os residentes;
  • Contribui para a melhor qualidade do ar nas cidades.

Copenhague tem aproximadamente 20.000 metros quadrados com telhados que se traduz em superfície verde. Existem hoje 30 prédios com vegetação nos telhados, mas com essa lei é esperado aumentar anualmente em 5.000 metros quadrados esse montante.

Em outras cidades, como na Suíça é obrigatório vegetação nos telhados em todos os edifícios novos, enquanto na Cidade do México para as pessoas que usam esta iniciativa recebem 10% de desconto no pagamento de seus impostos de propriedade. É utópico pensar que em todas as cidades do mundo algum dia haja lei para incentivar a introdução de vegetação nos telhados dos edifícios?

Mais informações: veoverde.com

One thought on “Cultivo de vegetação nos telhados de casas”

  1. Muito legal. E se pensar, jardins suspensos são considerados maravilhas e pensar que fazer muito disso não só embeleza as cidades, como melhora as temperaturas e a qualidade do ar. Vamos ver se a moda pega realmente.

Deixe uma resposta