tomate cereja

Tomate cereja orgânico em casa durante todo o ano

Atualmente cada vez mais pessoas decidem cultivar plantas que possa ser usada na alimentação cotidiana. Cultivar sua própria hortaliça é muito mais saudável para o seu corpo e para o meio ambiente, pois nenhum veneno é usado O tomate cereja é uma das hortaliças mais consumida e é de fácil cultivo.

A mensagem é ser mais sustentável e reduzir o desperdício – é a necessidade de tentar educar e mudar hábitos, produzindo nos próprios quintais vegetais de boa qualidade para o consumo próprio à preços mais baixos, além da ocupação do tempo com uma atividade produtiva. Qualquer espaço é válido para explorar e cultivar, no quintal, varanda ou terraço. E o melhor: tomates cereja são fáceis de cultivar em casa ou apartamento.

 Procedimentos para cultivar tomate cereja durante todo o ano.

tomate cereja

Escolha do local. Escolha o lugar onde há mais luz. Se você tem que escolher entre o sol de manhã ou de tarde, prefira o espaço onde tem sol pela manhã. O solo deverá ser descompactado com enxada, pois as hortícolas precisam de solo fofo e adubado.

Semeadura e plantio. O tomate cereja pode ser plantado em jarros, quando deve ser formado um substrato misturando o solo com areia vegetal para receber as plantas germinadas ou diretamente as sementes. Quando o plantio for em leirões no quintal ou jardim, o terreno deve ser bem drenado, livre de sombra. A semeadura pode ser efetuada em uma toalha úmida de algodão ou papel e posteriormente transplantando-se as plantas para o local definitivo. Pode-se também semear diretamente no vaso ou leirão cobrindo com uma fina camada de terra, 0,5 cm aproximadamente, mantendo o solo úmido. É importante lembrar que na semeadura quando as mudas estiverem pequenas a luz direta deve ser evitada, somente quando plantadas em local definitivo, coloca-se em contato com o sol.

Adubação. O adubo deverá ser aplicado antes do plantio, durante o preparo do solo. O esterco deve ser bem curtido e misturado com a terra antes do plantio para se evitar a queima das raízes das plantas recém germinadas ou mudas transplantadas. Quando em leirões e as plantas já estiverem devidamente fixadas, aplica-se ao redor esterco ou adubo vegetal.

Regas. Verifique se o solo está úmido ou seco antes de regar, pois o excesso de água também é ruim para o tomate cereja. O melhor momento para as regas é ao amanhecer ou ao entardecer. As regas devem der efetuadas diretamente no solo, pois a água nas folhas pode favorecer a proliferação de fungos. É recomendável que sejam feitas irrigações diárias até 30 dias após o plantio, depois, pelo menos 3 vezes por semana.

Controle de pragas e doenças. Para controlar os insetos, parasitas e fungos que atacam as plantas, há algumas receitas de inseticidas e fungicidas caseiros que ajudarão com segurança a manter longe esses insetos e patógenos indesejados. Para maiores detalhes consultar o link Inseticidas e fungicidas caseiros são de fácil preparo e aplicação, aonde serão apresentadas várias formulações de receitas de inseticidas e fungicidas caseiros para combater as pragas e os fungos mais comuns.

Tutoramento. Quando os tomateiros começarem a crescerem coloca-se um tutor que possa aprumar a haste principal. Isso faz com que as plantas cresçam de maneira ordenada e vertical.

Poda e colheita. Para que a planta cresça mais verticalmente, pode-se podar alguns ramos. A colheita dos primeiros frutos ocorre aos 60 a 70 dias.

Ver também: HORTA URBANA: COMO CULTIVAR HORTALIÇAS EM CASA E OBTER SEUS BENEFÍCIOS.

Deixe uma resposta